terça-feira, 30 de junho de 2009

Pequenos espaços

Não costumo usar o blog para mostrar meus trabalhos, pois tenho alguns no meu site, mas abri esta exceção pelo carinho de minha cliente que fotografou todo o jardim para mim. Recebi um telefonema de uma senhora que me perguntou se eu podia dar um orçamento de reforma em um pequeno jardim no bairro da Tijuca - RJ. Claro que a atendi prontamente e, depois de feito acabamos virando amigas. Alíás isso vem acontecendo ao longo dos meus 30 anos de carreira, os clientes sempre viram amigos.Tenho até mãe adotiva por conta disso (risos).
Agradeço então a Regina, que é esta cliente que me mandou as fotos e a todos os outros que como ela são hoje amigos sinceros.
Hoje estou muito emotiva, vou parar para não chorar.
Bjs a todos.

São Paulo se mobiliza para construção de indicadores de bem-estar

O Movimento Nossa São Paulo convida cada cidadão de São Paulo e cada empresa, organização social, escola, igreja, clube social, time de futebol e grupo de amigos (inclusive virtual) a participar da construção dos Indicadores de Referência de Bem-Estar no Município (IRBEM). O objetivo é construir um conjunto de indicadores que sirva para orientar ações de empresas, organizações, governos e toda a sociedade, considerando como foco principal o bem-estar das pessoas.
A primeira fase da construção do IRBEM é a consulta pública que se estende até 30 de setembro. A consulta é feita por meio de questionário, elaborado pelos grupos de trabalho e pela secretaria executiva do Movimento. Ao todo são 24 temas nos quais as pessoas podem escolher o que elas mais valorizam para seu bem-estar na cidade.
O preenchimento do questionário, além de ser o ponto de partida para a formulação do IRBEM, é importante também para estimular em todas as regiões da cidade o debate sobre as escolhas da população para alcançar qualidade de vida para todos.
Por isso é fundamental que cada cidadão e organização - social, privada ou pública – se engaje na campanha e estimule a todos os seus colaboradores a participar também. Quanto mais gente colaborar, refletir, debater e pensar soluções, mais chance teremos de construir uma cidade que privilegie o bem-estar da população.
Após a fase de consulta pública, em outubro o Ibope vai selecionar os itens que foram citados como os mais importantes para a qualidade de vida da população para incorporar tais itens na pesquisa anual do Movimento Nossa São Paulo. A pesquisa será realizada em novembro. Em seguida, haverá a sistematização dos dados. Em janeiro, por ocasião do aniversário da cidade, haverá o lançamento do IRBEM.
Cronograma do IRBEM
De 15 de junho a 30 de setembro – Pesquisa preliminar com a população.
Outubro – Seleção dos itens que foram citados na pesquisa como os mais importantes para a qualidade de vida da população.
Novembro – Aplicação da pesquisa Ibope com os paulistanos, em amostra proporcional aos vários segmentos da população. Depois disso, será feita a sistematização e a construção do IRBEM.
Janeiro de 2010, aniversário da cidade de SP – Lançamento público do IRBEM.
Para mais informações e responder ao IRBEM, acesse:
www.nossasaopaulo.org.br/portal/node/8083 (Envolverde/Movimento Nossa São Paulo)

domingo, 28 de junho de 2009

EUA aprovam lei de energia verde

Os Estados Unidos aprovaram dia 25/6 uma lei de mudança climática, que antes mesmo de ser do papel já começa a ser criticada.
Ainda que tenha sido uma vitória histórica, porque é a primeira vez que os Estados Unidos transformam em lei a decisão de reduzir as emissões de gases de efeito estufa, as medidas foram consideradas pouco ambiciosas.
A decisão é chegar em 2020 com emissões 17% inferiores ao que era emitido em 2005 e chegar em 2050 com redução 83% menores que as de 2005.
Na prática, isso significa voltar aos níveis de 1990 em 2020 - critica João Talocchi, diretor de Campanhas Climáticas do Greenpeace, comentando que a meta estabelecida no Compromisso de Kioto é reduzir as emissões em 5,2% em relação a 1990, que seria, portanto, uma redução "bem mais significativa do que a proposta pelo governo americano".
Segundo uma análise da Agência de Meio Ambiente dos Estados Unidos (EPA) divulgado nesta semana, a execução do projeto de lei aprovado hoje custará de US$ 80 a US$ 111 por ano aos lares americanos. Para a Comissão de Orçamento do Congresso (CBO), este custo será de US$ 175 anuais.
Estas cifras relativamente modestas contradizem com as estimadas pelos republicanos, que se referiram a US$ 3.100 anuais citando um "estudo independente", divulgado pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT).
Fonte blog verde

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Estado do RJ proíbe uso de sacolas descartáveis

Os legisladores fluminenses aprovaram projeto de lei que prevê a substituição das sacolas plásticas no estado por bolsas mais resistentes e um sistema de desestímulo ao uso de sacolas descartáveis, a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro informou em comunicado.
Os deputados, no entanto, estenderam os prazos e trocaram o pagamento em dinheiro por um sistema de créditos de compras.
O projeto original previa que os estabelecimentos comerciais terão de seis meses a três anos para efetuar a substituição.
Os comerciantes que não cumprirem a lei serão obrigados a 'comprar' dos clientes as sacolas de plástico já usadas, dando a estes um vale-compra por cada sacola usada.
Os vales-compra poderão ser acumulados e permutados por produtos. Segundo o projeto, um quilo de arroz ou feijão poderão ser trocados por 50 sacolas entregues pelo cliente. O dono do estabelecimento também poderá pagar R$ 0,03 por sacola, qualquer que seja a procedência.

Vote na Amazônia

Termina no dia 7 a nova Campanha que quer a Amazônia como uma das maravilhas naturais do mundo.
Seria merecida se fosse realmente preservada.
Grand Canyon, o Monte Everest e o Lago Ness, além de ce cenários brasileiros como as Cataratas do Iguaçu, Fernando de Noronha, Chapada Diamantina e Pantanal, são os principais concorrentes da Floresta Amazônia.
São cerca de 261 candidatos de 222 países.
Pelo site www.euvotoamazonia.com.br é possível acessar a votação, com explicações passo a passo para que o voto seja efetivado. Ou ainda pelo site www.new7wonders.com

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Feira e Congresso na Holambra

Acontece de 4 a 7 de julho a 18° Enflor e a 6a Garden Fair Na Holambra - SP
Além da Feira de produtos para paisagistas e floristas, acontecem também congressos ligados a essas duas áreas.
Terá também um Jardim Interativo, com espaços para lançamentos de conceitos e idéias. Os visitantes poderão caminhar e apreciar os diferentes usos para plantas ornamentais, aromáticas e medicinais.
Haverá também um concurso de projetos paisagísticos. Em parceria com a ANP, será um projeto para revitalização de uma área pública.
Muitas outras atrações, sem falar que a Holambra é uma cidade super agradável. Suas lojinhas e ruas floridas são um encanto.

domingo, 21 de junho de 2009

Algumas receitas com produtos naturais para controle biológico de pragas

Oi amigos, estive com muito trabalho e sem tempo para o blog.
Segue abaixo algumas receitas de controle de pragas, tanto para jardins e vasos como para lavoura.

Alho
Indicação - o extrato do alho pode ser utilizado na agricultura como defensivo agrícola, tendo ampla ação contra pragas e moléstias. Segundo vários pesquisadores, quando adequadamente preparado tem ação fungicida, combatendo doenças como míldio e ferrugens; tem ação bactericida e controla insetos nocivos como a lagarta da maçã, pulgão, etc. Sua principal ação é de repelência sobre as pragas, sendo inclusive recomendado o plantio intercalado de certas fruteiras como a macieira, para repelir pragas.
Características e preparo - no Brasil o uso do alho está restrito ainda a pequenas áreas, como na agricultura orgânica, enquanto que em outros países como nos Estados Unidos, pela possibilidade de empregar o óleo de alho, obtido através de extração industrial, já é possivel empregá-lo em larga escala em cultivos comerciais. Uma fórmula para o preparo de um defensivo com alho compreende a mistura de 1,0 kg de alho + 5,0 litros de água + 100 gramas de sabão + 20 colheres (de café) de óleo mineral. Os dentes de alho devem ser finamente moídos e deixados repousar por 24 horas, em 20 colheres de óleo mineral. Em outro vasilhame, dissolve-se 100 gramas de sabão (picado) em 5 litros de água, de preferência quente. Após a dissolução do sabão, mistura-se a solução de alho. Antes de usar, é aconselhavel filtrar e diluir a mistura com 20 partes de água. As concentrações são variáveis de acordo com o tipo de pragas que se quer combater (Stoll, 1989). Quando pulverizado sobre as plantas depois de 36 horas não deixa cheiro nos produtos agrícolas.

Chá de Cavalinha (Equisetum arvense ou E. giganteum)
Indicação - é muito indicada e empregada na horticultura orgânica para aumentar a resistência das plantas contra insetos nocivos em geral.
Preparo e aplicação - ingredientes: 100 gramas de cavalinha seca ou 300 gramas de planta verde; 10 litros de água para maceração e 90 litros de água para diluição.
Preparo: ferver as folhas de cavalinha em 10 litros de água por 20 minutos. Diluir a calda resultante em 90 litros de água. Aplicação: regar ou pulverizar as plantas, alternando com a urtiga. Fonte: Geraldo Deffune, 1992.

Confrei
Indicação - combate a pulgões em hortaliças e frutíferas e como adubo foliar.
Preparo e aplicação - ingredientes: 1,0 kg de confrei e água para diluição.
Preparo: utilizar o liqüidificador para triturar 1 quilo de folhas de confrei com água ou então deixar em infusão por 10 dias. Acrescentar 10 litros de água. Aplicação: pulverizar periodicamente as plantas.

Cravo de Defunto (Tagetes sp)
Indicação - combate a pulgões, ácaros e algumas lagartas.
Preparo e aplicação - ingredientes: 1 kg de folhas e/ou talo de cravo-de-defunto e 10 litros de água. Preparo: misturar 1 quilo de folhas e/ou talos de cravo-de-defunto em 10 litros de água. Levar ao fogo e deixar ferver durante meia hora ou então deixar de molho (picado) por dois dias.
Aplicação: Coar o caldo obtido e pulverizar as plantas atacadas.

Fumo (NICOTINA)
Indicação - a nicotina contida no fumo é um excelente inseticida, tendo ação de contato contra pulgões, tripes e outras pragas. Quando aplicada como cobertura do solo, pode prevenir o ataque de lesmas, caracóis e lagartas cortadeiras, porém, pode prejudicar insetos benéficos ao solo como as minhocas. 0 fumo em pó sobre os vegetais é um defensivo contra pragas de corpo mole, como lesmas e outras, sendo menos tóxico se empregado nesta forma. Na agricultura orgânica seu emprego deve ser precedido de autorização do orgão certificador.
Características - a calda pronta pode ser acrescida de sabão e cal hidratada, melhorando a sua atividade e persistência na folha. Quando a nicotina é exposta ao sol, diminui sua ação em poucos dias. A adição de algumas gotas de fenol, é recomendada para manter suas características iniciais. A colheita do vegetal tratado deve ser feita, somente 3 dias após a aplicação do fumo. Não deve ser empregado o fumo em plantas da família da batata ou tomate (Solanaceae). 0 tratamento com concentrações acima do recomendado, pode causar danos para muitas plantas. A nicotina bem diluída apresenta baixo risco para o homem e animais de sangue quente e 24 horas depois de pulverizada, torna-se inativa. No entanto, em elevada concentração é tóxica para o ser humano e pode afetar os inimigos naturais. 0 seu preparo e aplicação requerem cuidados. No caso de hortaliças e medicinais, aconselha-se respeitar um intervalo mínimo de 3 dias antes do consumo. Devido ao seu alto poder inseticida, o seu emprego na agricultura orgânica é bastante restrito.

Receita 1 - para controle de pulgões, cochonilhas, grilos, vagalumes.
Ingredientes: 15 a 20 cm de fumo em corda e água. Preparo: Coloque o fumo em corda deixando de molho durante 24 horas, com água suficiente para cobrir o recipiente.
Aplicação: Para cada litro de água, use 5 colheres (de sopa) dessa mistura, usando no mesmo dia.

Receita 2 - controle de lagartas e pulgões em plantas frutíferas e hortaliças.
Ingredientes: 100g de fumo em corda, 1 litro de álcool e 100g de sabão. Preparo: misture 100g de fumo em corda cortado em pedacinhos com 1 litro de álcool. Junte 100g de sabão e deixe curtir por 2 dias. Aplicação: para pulverizar plantas utilize 1 copo do produto em 15 litros de água.

Receita 3 - controle de vaquinhas, pulgões, cochonilhas, lagartas.
Ingredientes: 1 pedaço de fumo em corda (10 - 15 cm); 0,5 litros de álcool; 0,5 litros de água e 100g de sabão em barra. Preparo: corte o fumo em pequenos pedaços e junte a água e o álcool. Misture em um recipiente deixando curtir durante 15 dias. Decorrido esse tempo, dissolva o sabão em 10 litros de água e junte com a mistura já curtida de fumo e álcool.
Aplicação: pode ser aplicado com pulverizador ou regador. No caso de hortaliças, aconselha-se respeitar um intervalo mínimo de 3 dias antes da colheita.

Receita 4 - controle de pulgões, vaquinhas, cochonilhas.
Ingredientes: 20 colheres (sobremesa) de querosene, 3 colheres (sopa) de sabão em pó, 1 litro de calda de fumo e 10 litros de água.
Preparo e Aplicação: para o preparo da água de fumo coloque 20 gramas de fumo de rolo bem forte e picado em 1 litro de água, fervendo essa mistura durante 30 minutos. Após, coá-la em pano fino, adicione 3-4 litros de água limpa e utilize o produto obtido no mesmo dia. Em seguida, aqueça 10 litros de água e junte 20 colheres (sobremesa) de querosene e 3 colheres (sopa) de sabão em pó. Deixe esfriar em temperatura ambiente e adicione então 1 litro de calda de fumo.

Receita 5 - controle de pulgões, lagartas e tripes.
Ingredientes: 1,0 kg de folhas trituradas de fumo em 15 litros de água por 24 horas.
Preparo: a solução é coada e adicionado um pouco de sabão. Aplicação: pulverizada conforme a receita acima ou no solo na forma de pó feito com folhas secas ou pedaços de folhas colocadas no chão em cobertura.

sexta-feira, 5 de junho de 2009

Dia Mundial do Meio Ambiente

O Dia Mundial do Meio Ambiente é comemorado em 5 de junho. A data foi recomendada pela Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente, realizada em 1972, em Estocolmo, na Suécia. Por meio do decreto 86.028, de 27 de maio de 1981, o governo brasileiro também decretou no território nacional a Semana Nacional do Meio Ambiente.
O homem vem destruindo há anos o seu habitat, por ignorância, por ganância, sei lá.
Foi preciso criar um dia pra lembrar que precisamos "Salvar" o nosso Planeta. É tudo muito simples, se educarmos nossas crianças desde cedo, ensinando-as a respeitar a tudo e a todos, fica fácil preservar.
Ainda dá tempo. Mudando pequenas atitudes no nosso dia a dia ainda é possível preservar o que ainda nos resta.
Vamos nos conscientizar e viver melhor. Não pense no meio ambiente somente no 5 de junho, pense diariamente.Sem neuras, mas com atitudes corretas.
Veja este vídeo abaixo sobre uma matéria exibida da Rede Globo, de uma bela idéia de preservação.
video

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Sustentabilidade

O assunto do momento na televisão, rádio, jornais e revistas é a sustentabilidade. Nas mostras de decoração idem. Isso não deveria atualmente, causar tanto furor como se fosse uma novidade. A sustentabilidade deveria ser o normal de todo cidadão. Porém acho que levará muitos anos para esta magnifíca ocorrência.
Faz anos que ouvimos falar na destruição da camada de ozônio. E o que está sendo feito pra melhorar? Muito pouco. Continuamos usando nossos carros e caminhando cada vez menos.
Com o calor cada vez maior, utilizamos o ar condicionado quase que diariamente, e por aí vai. A modernidade nos trouxe essas ações confortáveis, mesmo com uma noção dos males que nos causam, fica difícil de desapegarmos deste hábito.
Alimentos orgânicos? Até tentamos comprar, porém o valor destes ainda é muito alto, quando comparados aos que possuem agrotóxicos. Estamos caminhando em passos lentos, tentando melhorar aqui e ali, mas falta ainda muito. Mas é claro, vamos continuar com este desafio demonstrando esperança.
Se todos, conseguirem a cada dia realizar sua parte, obteremos a real sustentabilidade.

quarta-feira, 3 de junho de 2009

Campanha ambiental com ativismo digital

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) está convocando voluntários on-line para engrossar a campanha ambiental no Dia Mundial do Meio Ambiente, que, há 37 anos, é comemorado no dia 5 de junho.
O órgão está contando com a ajuda do Instituto Voluntários em Ação para divulgar o tema “Seu Planeta Precisa de Você - Unidos para Combater Mudanças Climáticas”.
O objetivo principal da campanha do Dia Mundial do Meio Ambiente 2009 é pressionar os países a firmar um novo acordo sobre mudança climática, na Convenção sobre Clima, em Copenhague em dezembro de 2009. A intenção é que o novo acordo passe a valer após o término da vigência do Protocolo de Quioto, em 2012.
Vamos nos unir ao voluntariado!
Quanto mais nos unirmos mais chances teremos de ajudar nosso Planeta.
 
BlogBlogs.Com.Br